#BloggerSC | Day Nine ☆

A Blogosfera de Hoje
#Blogosfera


Está imenso calor, outra vez, mais do que ontem. E eu devia estar a estudar... mas não estou. Prometo que mal acabe de escrever este post o vou fazer!
Tal como este tempo, a blogosfera é instável. Vamos falar disso? Vamos.
Tal como estava a dizer, a blogosfera é instável. Tem as suas tempestades, o seu tempo de se confortar em coisas quentinhas e o seu tempo de fazer uma pausa e ir até à praia. Tem as suas calmarias, e é precisamente por este tempo que eu creio que a blogosfera está a passar... Uma calmaria. Uma calmaria na blogosfera que se reflete numa "stressaria" no mundo real porque... exames! Eu sei, estejam no secundário, na universidade, a maioria de vocês está em exames. E isso reflete-se na fluência de posts por cá. Eu própria estou a passar por isso, se não fosse este desafio o meu blog estaria às moscas, ou porque não tinha tempo no meio dos estudos para cá vir, ou porque não tinha inspiração!
Portanto, estudem, concentrem-se nas vossas notas que é o mais importante neste momento! Mas, para aqueles que estão no secundário: Não deixem que os nervos vos consumam nem stressem demasiado, acreditem que mais tarde (tal como eu) vão pensar que stressaram tanto para nada. E estão a ler isto de uma pessoa que ficou colocada em Vila Real quando queria ficar no porto e acabou numa privada. A minha universidade é a melhor do grande porto e isso ninguém me tira! Olhando para trás vejo que foi das melhores coisas que já me aconteceram, e que stressei tanto na altura dos exames e chorei tanto quando vi a nota da matemática para nada!
Hoje em dia há também uma preferência pelos bloggers não-anónimos. Lamento meus queridos, só umas quantas pessoas de cá sabem quem sou na vida real, e são pessoas que eu sigo e que me seguem há anos, que valem a pena. Portanto, já podem ver, que eu não vou deixar de ser anónima por cá, não tão cedo. Foi assim que eu comecei, para mim a essência da blogosfera é esta também, sei que muita gente pensa o contrário e, tal como irei falar, as coisas mudaram. Mas para mim, este aspeto não mudou, e eu continuo a preferir os bloggers anónimos com as suas luas!
Outro aspecto, é lógico que a blogosfera de há uns anos atrás (3 mais propriamente porque é o tempo que eu estou cá e não sei como foi até então) não é a mesma que a de agora. No meu tempo (e ainda hoje) eu, e tantas outras pessoas, vinha cá para contar como andavam a ser os meu dias e para desabafar. Mais para desabafar porque foram tempos muito difíceis! Hoje em dia, já não é bem assim... muita gente vem cá para agradar aos seguidores, comenta os outros blogs só para "retribuir" e ter mais visitas no seu blog. Eu não sou assim, tenho n de comentários a aguardar moderação e não estou a passar mal por estar a ver o caso mal parado, quando tiver e poder responder, respondo. Lamento!
Mas também a blogosfera é como as séries, é como nós, nós evoluímos e não podemos esperar que isso não aconteça com o que nos rodeia...As coisas têm de se adaptar ao nosso meio envolvente, e não há nada que nós possamos fazer para mudar isso. Está bem? Está bem!

10 comentários:

  1. Já tinha vindo algumas vezes ao teu blog, mas nunca comentei, aliás, acho que nem te sigo s:
    Mas vim cá agradecer-te pelo comentário que me deixaste (porque neste momento, toda a força é bem-vinda) e dizer que concordo em absoluto com este texto. Espero que as coisas voltem ao que eram.

    ResponderEliminar
  2. concordo com muita coisa que disseste :)
    em que curso estás?

    ResponderEliminar
  3. Estou no blogue desde 2009 e tenho acompanhado algumas mudanças. Foi precisamente por causa desta fase de frequências/trabalhos/exames que comecei a cuidar pouco do meu primeiro espaço e quando voltei com mais tempo deixou de fazer sentido continuar lá, porque senti que as ligações que tinha criado até então se tinham perdido. As pessoas já nem sequer liam o que eu publicava, limitavam-se a responder a algum comentário que tinha feito nos seus cantinhos.
    Criei o Parte do que sou (1º blogue) para poder partilhar a minha escrita. À medida que fui crescendo, e quando senti que estava na hora de recomeçar, comecei a sentir necessidade e vontade de alargar os temas. Em nenhuma das minhas casas, digamos assim, me apresentei como anónima, por opção, mas respeito quem o faça. Acho que o segredo não se prende na identidade, mas no gosto com que cuidamos do nosso cantinho.

    ResponderEliminar
  4. Sou blogger há quatro anos. Só este ano é que deixei de me preocupar tanto com o anonimato e tem sido muito mais gratificante.

    ResponderEliminar
  5. A blogosfera tem evoluído imensooooooo! E cada vez mais gosto de cá vir <3

    ResponderEliminar
  6. Concordo contigo Nea* em relação à blogosfera. Gosto de acompanhar os meus blogues preferidos e mesmo que nem sempre comente, leio-os diariamente. Agora quem comenta só para pedir para seguir e com o intuito da pessoa retribuir... É mau, mau mesmo na minha opinião. E tal como tu, no meu caso faz todo o sentido o blogue ser anónimo, acho que temos outra liberdade, não é ? Beijinhos querida*

    ResponderEliminar
  7. R.está tudo resolvido obrigada pela preocupação beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Sou totalmente assim. A blogesfera tem mudado muito mas eu mantenho-me sempre a mesma. Também tenho imensos comentários para aprovar mas porque gosto de dar atenção a cada pessoa que me visita.
    Apesar de as coisas estarem a mudar, há sempre quem se mantém fiel, e ainda bem que é assim!

    ResponderEliminar
  9. eu por acaso não tenho notado grandes diferenças, talvez por o meu blog ter uma categoria diferente, não sei :\

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Eu não tenho preferência entre bloggers anónimos ou não anónimos. E sou da opinião que cada um fala do que quer e do que lhe apetece, porque há gostos para tudo. E, quanto a existirem pessoas que só querem seguidores e comentários, acho que sempre foi assim. As pessoas só deixam de se sentir assim em relação ao blog quando começam a perceber que é um espaço onde elas podem levar a criatividade mais além ou simplesmente desabafar.

    ResponderEliminar

Não me diga que o céu é o limite, quando há pegadas na Lua.

Devaneia para a frente*
Os comentários serão respondidos no teu blog, se demorar muito... a culpa é da falta de tempo e/ou da preguiça!