Não vou deixar


Como me disse a minha mãe, a Annie e o Luke eu é que sei o que é melhor para mim, mas não devia desistir de algo que gosto realmente por causa de outros, só porque não me querem lá e me fazem sentir mal. Tenho que mostrar que não me afectam e que não vou sair do grupo que sempre me fez bem, estou na direcção vou cumprir o meu dever, e impor o respeito que tenho de impor.
Tenho problemas maiores neste momento - que vos falarei mais tarde - não me vou deixar ir abaixo agora ainda por gente que tem atitudes de canalha mesmo.
Ontem tivemos reunião, o Stiles e a Caroline só falavam de coisas à parte e quando era mesmo preciso, de resto eu e o Luke estávamos sempre a falar e cheios de ideia, correu bem. Espero que sigam todas para a frente!
Ando em baixo, por outras razões, mas à frente do grupo tento mostrar que tenho andado bem, portanto.

Bem-vindo meu querido!

O tempo ainda não o demonstra completamente mas o outono está aí. E eu estou preparada para todas as mudanças que ele possa trazer, sei bem que esta estação é disso também e é mais uma razão para a adorar.
As folhas coloridas pelo chão, o tempo fresco com sol às vezes, as sweaters, o chá/café, os cobertores, as séries quando o tempo está demasiado mau para sair de casa, os livros, as velas, a coziness. Tudo e mais alguma coisa. Como não adorar?
Que o vosso outono seja cheio de coisas boas e fofas como deve ser *

Desculpem, desculpem!


Os últimos tempos não têm sido propriamente fáceis... O que eu desconfiava foi confirmado pelo próprio do Stiles quando voltei do Algarve, ele gosta da Sophie. E o melhor? Ela também gosta dele. Pois é... Nas últimas semanas, melhor, meses, ela revelou ser uma "amiga" nada boa. Como disse, fazia-me sentir de parte, era seca a responder-me, era mesmo cínica comigo. Nos últimos dois dias eles andam juntos, dão as mãos à minha frente, andam aos segredinhos, quando sabiam o que eu sentia pelo Stiles, sabem que eu não fico bem apesar de não o demonstrar, mas mesmo assim... 
Quando eu percebi que a Sophie podia estar a gostar do Toby, eu afastei-me, porque pensava "eu não tenho a certeza se gosto dele, então vou partir para outra" e foi o que fiz. Mal eu sabia que estava a fazer o que não fariam por mim. Sei de fonte segura que a Sophie não tinha certezas de quem gostava, se do Stiles, se do Toby, poucas semanas depois é o que já contei...
Estou magoada, chateada, não sei com qual deles mais, mas provavelmente, o Stiles. Bem sabem o quão chegados eramos, o quanto ele valorizava a nossa amizade, ele dizia que eu era das pessoas mais importantes da sua vida e que sabia coisas que mais ninguém sabia, e agora? Mudou, já não é o mesmo, convida "o grupo" para as coisas, menos eu. Um dia disse à Tris "Oh Tris... Eu só não te convidei porque estavas com a Nea.", oh, se me tivessem espetado uma faca quando ela me contou, não teria saído ponta de sangue! Não quero falar com eles, com ele principalmente... Ele às vezes fala no geral mas olha para mim, eu nem respondo. Quando estou nos ensaios, sinto-me literalmente de parte, se não fosse a Tris, a Rachel, a Maggie e Annie então é que me sentiria. Parece que me andam a sugar todas as energias positivas, sei que falam de mim quando não estou e aquele grupo de 5 - Caroline, G., Sophie e Phoebe, e Stiles (o iludido no meio eles) - conseguiram separar todo o grupo e ainda acham que eu sou a complicada e culpada de tudo pelo que me dão a entender, e bem sabem que eu raramente me engano! Sinto-me traída, mais uma vez, abusaram da minha confiança e eu, demasiado boa penso que são todos como eu. Sinto que fiz figura de parva este tempo todo, que o Stiles só gozou com a minha cara. Disse que não queria perder a minha amizade porque como já dissera e repetia, gosta muito de mim, mas obviamente se gosta da Sophie vai andar mais perto dela e não tanto "connosco" o "outro grupo". É parvo, está a ser estúpido e só ele é que não vê isso. Mais uma vez está a por um "amor" em frente a amizades. E eu, sinto-me muito substituível, porque mais uma vez... Fui importante, mas deixei de ser.

Acho que tudo isto que vos tenho contado ultimamente foi a chamada gota de água. Uma vez ouvi que a depressão é um acumular, de gotas, e esta foi a final... Esta semana fui ao médico e ele não disse com todas as palavras "tens depressão" mas receitou-me um medicamento que é anti-depressivo e ajuda nas perturbações de ansiedade, que também sofro. Já sabia, eu e a minha família, mas ter a confirmação...

Tento andar de cabeça erguida, mas obviamente, confundem com "nariz empinado".
Não pensem que estou assim só por um rapaz, é tudo... Deviam saber que para mim amizade significa muito, mas não dependia só de mim e muitas dessas amizades foram-se. É a família, tudo, tudo...

Estou no fundo do poço. Sinto que não sei nada.
Depois de dia 17 vou afastar-me do coro, já falei com o Luke, ele diz para não me preocupar com o facto de estar na direção agora, o mais importante é eu ficar bem. Neste momento, só fico bem longe daquela gente, que só me quer mal. É o melhor, tenho que me convencer disto.