21 junho 2015

Mandem-me força porque eu já não tenho nenhuma


Posso ter errado, mas tu também não fizeste nem disseste coisas corretas. Desta vez não vou ser eu a pedir desculpa.
Estou cansada, só queria que por uma vez não houvesse algo a preocupar-me a cabeça. 

6 comentários:

Não me diga que o céu é o limite, quando há pegadas na Lua.

Devaneia para a frente*
Os comentários serão respondidos no teu blog, se demorar muito... a culpa é da falta de tempo e/ou da preguiça!