27 setembro 2014

Tenho muito e nada que fazer ao mesmo tempo.

A frase que mais me dizem é, sem dúvida, a Tu não és normal!, seja por comportamentos estranhos ou até como tem acontecido por fazer e planear várias coisas ao mesmo tempo.
Este fim de semana tenho de acabar os apontamentos de duas cadeiras, tenho uma festa da terrinha, tenho ensaio do coro e amanhã um casamento. No próximo fim-de-semana há um concerto dos D.A.M.A. no integr@te da Universidade de Aveiro, a Cath anda lá e ficou toda tola quando soube e quer que eu vá. Mas tirando isto não tenho nada para fazer, então... vou responder às vossas perguntas da Tag 5 perguntas, só 10 okay?
Não vou dizer de seguida, aqui, quem me nomeou, vocês vão percebendo com as perguntas e também não vou nomear ninguém uma vez que já toda a gente fez este desafio...

Perguntas da Emily M.
1. Davam-te oportunidade de escolheres um destino de viagem. Qual escolhias?
Grécia ou Austrália, podem ser as duas?
2. Há quanto tempo estás aqui na blogosfera? Durante esse tempo o que aprendeste aqui?
Juntando tudo, faz em Janeiro 3 anos, sou uma bebezinha. Aprendi a ser eu mesma acima de tudo, aprendi a ter confiança em mim e aprendi que as pessoas deste mundo vão estar do teu "lado" sempre que precisares.
3. Conheces alguém na blogosfera?
Pessoalmente? Não. Mas sou amiga no facebook de muitas meninas daqui e falo com elas por lá.
4. Onde te vês daqui a 10 anos?
Eu nem daqui a um mês... Mas espero já ter o curso acabado e mais que acabado e estar a fazer o que gosto, que esteja bem
5. Qual é o teu maior sonho?
Acabar o curso, ir à Grécia e à Austrália, ter uma casa com uma biblioteca privada. Achavam mesmo que ia ser só um?

Perguntas da Ballerina
1. O que te levou a criar o blog?
Ora, não andava numa altura lá muito boa e precisava de um sítio para desabafar, é como toda a gente que criou um blog. Eu conhecia amigas minha que tinham e eu lia o blog delas e através do dela cheguei ao de muitas meninas anónimas, o normal. Mas depois decidi que também queria um e pronto.
2. O título do teu blog tem algum significado especial?
Eu gosto de cantar, eu gosto de chuva, lembrei-me do nome do filme (que nunca vi) e ficou.
3. Há algum tema que gostasses de escrever no teu blog e não o fizesses? Porquê?
Neste momento, não. Se no blog é suposto ser eu mesma sem julgamentos então devo puder escrever o que quero e bem me apetece, para além disso não tenho nada a temer.
4. O que mais te agrada ler num blog?
Eu gosto de blogs como eu, gosto de ler post pessoais, em que contem o vosso dia a dia, principalmente aqueles em que vejo que quem escreve está feliz e é todo animado.
5. Imaginaste daqui a 10 anos a escrever no blog?
Eu gostava que isso acontece sim, de continuar a contar-vos como está a minha vida e a ler como está a vossa...

Por hoje, é tudo.
-Bu

P.s. Se querem receber actualizações do blog, tem de seguir novamente porque eu mudei o link gente.

25 setembro 2014

Somos todos louquinhos, e ainda só é a primeira semana

Pois é gente, invejem-me... Ontem saí 40 minutos mais cedo da última aula, ou seja, vim embora mais cedo. E hoje? Hoje simplesmente não tive a última aula, começamos bem! Amanhã? Amanhã é fim de semana!
Ainda não tenho o kit, só vou buscar segunda feira. Não fui à praxe então, mas à vinda embora passei pelo jardim e vi um monte de caloiros, rodeados por um monte de doutores a cantar e a dançar, nada de agressões (se é que me entendem). Vim eu e mais 3 raparigas, risada todo o caminho, paramos em são bento para comprar pringles e depois lá fomos apanhar o nosso autocarro. Para a semana vamos à praxe no fim das aulas e vamos estar lá quase até ao fim para compensar a falta de hoje.
Os professores são muito bons, os colegas ainda mais, o ambiente super acolhedor, aquilo é um máximo e eu estou a adorar!
Para a semana é que começa o trabalho...
Esperem...Ainda não vos disse a melhor: O símbolo da minha universidade é um mocho e um livro! Entendam a minha loucura!
-Bu

23 setembro 2014

Nem eu sei como ando...

.... mas ainda só foi o primeiro dia.
Não dormi nada de noite, acordei as 7h da manhã para apanhar a camioneta das 8h com uma amiga (a Claire), porque senão saía da camioneta para o metro e do metro até à universidade ainda me perdia (são 10min a pé). Às 10h ela tinha aula e eu fiquei sozinha até às 11h30min mas até fiquei bem a ler.
Na hora do almoço eu, a Sarah (a tal rapariga que eu conhecia pessoalmente e da blogo, ela já não lê o meu blog) e a Claire estávamos a falar de como era a turma e isso, a Claire disse que a dela formava grupinhos e a colocavam a ela e a outra rapariga de fora, eu e a Sarah reparamos no mesmo na nossa mas até nos adaptamos bem. Elas disseram que chegaram a ter vontade de chorar, eu não mas houve certos momentos em que me "assustei", um deles foi quando vemos imensos trajados a entrar pela nossa sala, nós não entramos porque não percebemos o que se estava a passar até que uma das raparigas trajadas explicou que tinha havido uma alteração no plano curricular então o 1º e o 2º ano iriam ter aquela cadeira juntos, susto passado a aula foi um riso!
Depois foi na aula de Psicologia Social, a prof é super fixe mas é toda ela super exigente e cheia de regras, ao contrário da prof da aula anterior ela disse que não ia disponibilizar os powerpoints na plataforma online para apontarmos tudo no caderno, quero ver se vai dar tempo para isso ao menos, marcou um teste e um trabalho em que ela nos vai dar uma citação e nós vamos ter que trabalhar à volta daquela citação, e ir enviando um ponto da situação, com este ultimo ponto até concordo porque senão íamos deixar tudo para a última. Eu sei que isto não parece nada, mas acreditem, a mulher é mesmo rigorosa.
Agora, quinta feira tenho de ir buscar o meu kit de caloira.



Hoje: Só tive aulas de tarde. Duas, a primeira da tarde foi a primeira da manhã de ontem, aquilo é filosofia pura e eu não gosto disto, a minha sorte é que a minha matéria preferida de filosofia é a que estamos a dar, espero que não vá muito longe disto. Depois tive inglês, vai ser básico, apenas vamos trabalhar o vocabulário relacionado com a nossa área. E afinal vou buscar o meu kit amanhã, basta-me ir ter com uns doutures que estão no bar e dizer que sou uma nova caloira.

21 setembro 2014

Estou calma, mas quando for para dormir vou panicar

Amanhã começam as aulas, às 11h30m. Às 9h saio de casa, isto porque vou andar meia perdida até chegar à uni de certeza. Apanho o autocarro, depois o metro e uma amiga minha que lá está já me explicou o caminho do metro até à universidade, são 10 min a pé. E sim vou com guarda chuva!
O meu bem é que umas meninas deste mundo andam lá e já me deram todas as informações que preciso. Já tenho companhia para o almoço, uma rapariga que eu conheço daqui da blogo e pessoalmente anda no mesmo curso que eu, provavelmente vamos ser da minha turma e bem, fazemos companhia uma à outra. Até doutores eu conheço. Vamos a ver se corre tudo bem neste primeiro dia.

20 setembro 2014

Não sei que macumba vocês fizeram, mas...

Obrigada!!!
Isto é assim: Os meus pais decidiram arriscar e fomos hoje à universidade fernando pessoa pedimos uma simulação da bolsa e o senhor disse que em princípio eu teria direito a uma bolsa que cobre todas as propinas. Como já tínhamos dinheiro guardado para a matrícula e isso lá fizemos a inscrição e bem... 
Sou, oficialmente caloira na ufp!
Alguém de lá por aqui?

18 setembro 2014

Façam figas para que amanhã corra tudo bem e que eu saia de lá esclarecida e com certezas. 
Sei que não estão a perceber nada mas amanhã conto tudo! 
*Fingers crossed*

é, vou continuar a treinar...

Um dia também vou saber virar os crepes desta maneira!
Eu e a minha mãe estivemos a fazer crepes, eu nunca tinha feito crepes e a minha mãe, por muito estranho que pareça, também não.
Os primeiros ficaram muito defeituosos mas lá acabamos por ganhar jeito e nem ficaram mal.
Hoje parece dia de festa aqui em casa, sim porque para além dos crepes também estivemos a preparar camarões para grelhar.
Nhamii, nhamii!

17 setembro 2014

Já não era sem tempo Bu!

Vou começar com o primeiro dos muitos desafios que me foram passados.
The Very Inspiring Blogger Award
Este desafio foi-me passado pela D.Santos do blog An Open Book, pela Andreia Morais do blog As Gavetas da Minha Casa Encantada, pela Nor Melo do blog Day to Day e pela XXIV do blog Na aura de uma forasteira.
As regras são agradecer e colocar o link de quem me nomeou, colocar as regras e o prémio, partilhar 7 factos sobre mim, nomear 15 blogs inspiradores e avisá-los nos seus blogs.
Factos:
- Tenho um piercing no nariz
- Tenho uma mancha na barriga
- Tenho bronquite-asmática
-Já estalei o pé esquerdo
- Já parti o pé direito
- Este é o meu 2º blog
- Em Dezembro faz 2 anos que uso aparelho nos dentes

(eu sei que houveram 4 nomeações e isso corresponde a mais factos mas bem, neste momento não me lembro de mais e também eu vou divulgando factos meus na rubrica coisas nada interessantes sobre mim. e se quiserem saber mais alguma sobre estes factos é só perguntar*)

Nomeações:
Odeio ter que nomear porque todos os blogues que sigo são inspiradores de alguma maneira e não tenho 15. Mas aqui vão alguns, não 15 dos que admiro neste momento
A

É tudo, por agora.

-Bu

15 setembro 2014

Tudo acontece por uma razão mesmo gente...


Em Maio estiverem uns quantos representantes de universidades na minha escola, para nos esclarecer.
Eu fui à "banca" de uma senhora da universidade fernando pessoa e pedi informações sobre criminologia, na altura nem eu sabia o porquê, mas o curso tinha chamado a minha atenção!
A senhora pediu o meu e-mail e no mesmo dia enviou-me informações sobre o curso, os custos, as médias e isso tudo.
Hoje, o meu pai estava a falar com a gerente de uma das fábricas para a qual trabalha e ela falou que a filha anda numa privada e perguntou ao meu pai porquê que o meu ele não me colocava numa e ele disse que era por não termos hipóteses para tal, ao qual ela respondeu que devia de ter direito a bolsa para facilitar as coisas. Okay, culpa minha que nunca me deu na cabeça de dizer aos meus pais que as privadas também tinham bolsas.
O meu pai chegou a casa falou disso à minha mãe e lá vim eu pesquisar sobre isto, só que a unica universidade que tinha biologia era uma em Lisboa, e Lisboa por Vila Real, para quê né?
Estava a consultar os curso nas universidades privadas do porto quando vejo criminologia e me lembro da senhora da fernando pessoa! Estive a ver as cadeiras, os semestres e isso tudo e devo dizer que as cadeiras me interessaram mesmo, chamaram-me à atenção.
Só que eu tenho de ver se:
  1. Aquilo lá é como em Vila Real em que só pago as propinas quando sair a divulgação dos que têem direito a bolsa.
  2. A bolsa ajuda também no pagamento da matrícula e da inscrição, sim porque ainda é um "bocado".
  3. Ainda há vagas que é o mais importante.
Se não entrar, bem gente, de-ci-di-da-men-te o universo está a dizer-me que é melhor mesmo parar um ano.

*Aguardando ansiosamente a resposta da Dona Aurea (nome bonito) ao meu e-mail*

14 setembro 2014

É, foi um dia cheio de emoções...


Ontem, estive a ver séries até as 16h, depois fui para o ensaio da eucaristia de Taizé que foi feita para dar o testemunho de quem foi.
Foi lindo, em tudo, cantamos super bem, foi super emocionante e isso tudo.
No final da missa o menino Toby queria que eu visse se o ramo das bodas da avó dele tinha mesmo 50 rosas, aka estava a tentar praxar-me, mas correu mal, primeiro porque a Rachel topou o esquema e disse-lhe que ele não o pode fazer debaixo de telha e depois porque ainda não é a minha hora.
De seguida, muito em cima da hora, a Rachel convidou o Toby para ir jantar connosco (pessoal que fez a eucaristia) mas ele disse que queria poupar dinheiro para não sei o quê da universidade. Tchau Toby, fomos comer! Estávamos a morrer de fome, esperamos e depois a espera foi recompensada porque aquilo estava muito bom.
Depois do jantar fomos para a esplanada ao pé da igreja e o Toby foi lá ter connosco outra vez. A Lindsey perguntou não sei o quê sobre a universidade da Rachel e conversa puxa conversa começaram a falar do primeiro ano deles de caloiros e das aulas fantasma, e das praxes e de um rapaz que se mijou porque o Toby o assustou. Este último facto foi deveras estranho sim porque, pelo que percebemos, este menino transforma-se quando praxa :o
Mas uma alma caridosa lá percebeu que eu estava lá e pensou que eu não devia estar à vontade e acabou com a conversa.
Podiam ter continuado que eu até estava a gostar. Mas obrigada!
Com isto tudo percebemos que os jovens da nossa comunidade, sim porque isto tudo não era só gente do coro, se dão mesmo muito bem e somos muito unidos.
Estava mesmo a precisar e estou como nova. Esta gente faz-me mesmo bem!


P.s. Eu sei que me refiri muito a praxe neste post e no outro podem ter ficado com a ideia errada, mas isto é o seguinte. Eu sei que a minha hora de ser praxada irá chegar e este acontecimento não é, de todo, o que eu mais anseio na vida académica. Calha muito ao assunto porque estamos na altura delas, daqui a uns tempos será sobre a serenata e depois sobre a queima....

12 setembro 2014

Inferno!

"Os lugares mais tenebrosos do Inferno estão reservados àqueles que mantêm a sanidade em tempos de crise moral."
- Dante in Inferno by Dan Brown

Não se assustem com a frase, depois de lerem o livro irão perceber que chegar aos lugares mais tenebrosos do inferno pode até ser uma coisa boa.
Este livro é viciante, mesmo muito viciante gente! A cada capítulo que acabo de ler fica sempre aquela vontade de ler mais para saber o que vai acontecer a seguir, qual o próximo passo a ser dado, será que que há mais enigmas ou acabou de vez?
Bem, este que segue em baixo pode parecer estranho mas....

Estranho, no meu livro este enigma estava na página anterior....

Cercatrova
(procurem, e quando encontrarem, avisem-me que perceberam esta estranha palavra que de estranho não tem nada)



P.s. Minha querida catarina sofia' é só para que saibas que a menina para quem mandaste o postal da ericeira, o adorou!!

11 setembro 2014

Por isso, eu estou bem!

Sabem uma coisa? Quando leio os vossos textos sobre as praxes não "doi", não me faz ficar triste por não ser eu, ainda.
 E isso é bom, certo?

10 setembro 2014

Já deviam saber que a minha cabeça não pára.

Bem, decidi então parar um ano. Com esta história e com tudo o que tem acontecido eu não ia andar bem lá e não ia ter rendimento nenhum. Quem me conhece e quem sabe das coisas apoia-me nesta decisão.
Hoje já comecei a pensar o que vou fazer, porque eu não posso parar este ano fechada em casa...
Vou começar a falar pelas redondezas, quem precisar de explicações do 5º ao 9º e mesmo algumas disciplinas do secundário a que eu me safe, pode falar comigo. Tenho de ter algo que fazer enquanto não ando com o meu pai e mantenho o cérebro ligado.

P.s. Voltei a colocar a letra no estilo mais pequeno, identifico-me mais com este tamanho, pelo menos neste momento.

09 setembro 2014

Que se trate, que vá para o diabo que a carregue. Mas que nos deixe em paz!

Um dia eu irei dizer: Game over, I win!
Não sei se é por tudo o que está a acontecer já há algumas semanas que estou a transfomar a universidade num bicho de sete cabeças ou se é o acumular de tudo que transforma tudo num bicho de sete cabeças.
A minha tia está completamente tolinha, e está a arrastar toda a gente com ela. E está a virar toda a gente da família do lado da minha mãe contra a minha mãe, inventa coisas, chegou a dizer que a minha mãe mandou o meu avô segui-la até não sei onde porque tem ciúmes dela quando a minha mãe é a primeira a dizer para ela sair e desanuviar a cabeça porque precisa. Ontem disse que a minha mãe mandou o meu avô fechar-lhe a porta de casa para ela não entrar, quando o meu avô veio comer à barraquinha do meu coro e até deixou a porta aberta sujeito a ser assaltado para o caso da minha tia voltar, sim porque ela foi e deixou chaves, cartão da empresa e tudo lá. Ela não aceita que o pai da filha tenha uma nova namorada e quer vingar-se e desconta na menina, aquela criança vai ficar (se já não está) traumatizada.
A minha afilhada, a coisa fofa, ligou ontem à tarde a chorar para a minha mãe a perguntar onde ela estava e que a mãe tinha ralhado muito com ela, a minha mãe foi logo para o pé dela. E minha tia tinha deixado a filha sozinha no quarto, sem comando de tv, sem consola, sem nada, só deixou o telemóvel porque a menina disse que o telemóvel tinha sido dado pelo pai e ela atirou-lhe o telemóvel. Ela não lhe deu comer ao meio dia, quando ela ligou à minha mãe às quatro da tarde, estava sem comer!
A menina tem 7 anos! 7! Pelo amor de Deus! Ela está tolinha!
A minha mãe disse à minha tia que para ela, ela morreu, não quer saber mais dela. Perdoou primeira, segunda, terceira... Chega! Ela não merece! Que bata com a cabeça na parede, que procure ajuda, que se trate porque é mesmo o que ela precisa. E ligou para minha outra prima, que andou a dizer a uma rapariga que conhece a minha mãe, que a minha mãe é uma falsa, que não é o que aparenta, que fala mal das pessoas nas costas. A minha mãe? Ela pode ter muitos defeitos, mas ser falsa? Hipócrita? Ó menina... Se há coisa que a minha mãe sempre foi, foi frontal. Sempre disse o que tinha a dizer na cara, nunca disse por trás, e por isso é que as coisas estão como estão, porque as pessoas não gostam de ouvir as verdades sabem?
Eu sei perfeitamente que daquele lado, está tudo com a cabeça feita, menos o meu tio e o meu avó porque sabem a peça que têm, sempre conviveram com ela, como a minha mãe. Sei que daquele lado, está tudo do lado da coitadinha e que toda a gente se acredita no que ela diz, sei que para aquela lado a cabra (desculpem a linguagem) é a minha mãe, porque ela é que faz isto e aquilo, a maior parte mentira, mas enfim. Eu sei do que falo, porque eu acompanhei tudo, eu nunca vi só o lado da minha mãe, eu vi todos os lados. Eu vi o que se passava com a minha mãe, o que ela chorou pelas coisas que a minha tia fez, eu vi o lado da minha tia, o tempo que ela andou bem e como tudo mudou por orgulho ferido, eu vi o lado da minha afilhada, oh! Esse foi o que eu mais vi! A mãe metia-lhe o telemóvel no silêncio, escondia-o. Metia-se com ela na casa de banho e ponha-lhe minhocas na cabeça (não sei se conhecem a expressão, mas acho que dá para perceber). As vizinhas ouviam-na a gritar com a menina a chamá-la de p*** e de vaca e a dizer que a mandava para a cabra da namorada do pai, mas isso são coisas que se digam a uma menina de sete anos?! Ontem à noite disse-lhe que se ela fosse com o pai que se matava, tanto que a menina depois de toda a confusão acabou por ficar com ela. Ela proíbe a menina de ver a tia, a minha mãe, que ela tanto adora, que é o seu porto seguro e diz que chama a guarda se ela vier connosco. Quem chama a guarda sou eu se ela não se trata, sou eu que vou à segurança social fazer queixa e peço avaliação psicológica e tiro-lhe a menina, peço para a entregarem ao pai! Vou a tribunal testemunhar, contar tudo o que se tem passado, não contra ela, não a favor dele, pela menina.
Ela é a dona da empresa, ela é a patroa do meu pai, mas a empresa é secundária, ela trabalha para outras empresas, eu sei perfeitamente, ninguém me disse, que o meu pai pode perfeitamente criar um negócio dele e ganha os clientes todos, a minha tia vai com o diabo que a carregue sem nada! O problema é ele não ter fundos se não,ela via. O meu pai só está à espera de receber este mês, ela têm sempre até o dia oito para pagar, se demorar mais o meu pai pode fazer queixa, não faz por respeito sabem? A minha mãe já disse ao meu pai: "Olha o meu conselho, anda embora que ela vai levar aquela firma à ruína. Procura trabalho, porque senão..." O meu pai arranja bem trabalho, toda a gente o conhece, toda a gente sabe o homem trabalhador que ele é.
Não há dinheiro para comer cá em casa, não sei como vamos pagar os transportes para ir fazer a matrícula amanhã. Nem sei se vai haver para as propinas...
E vocês acham que com isto tudo, eu estou com cabeça para pensar em universidade e estou em condições de ir para lá, começar isto de novo?

20h44min: Vou parar um ano, está decidido.

08 setembro 2014

Juro que daqui a uns tempos não é nada!


Ir ou não ir? Eis a questão. 
Eu, num dia digo que vou 987890 vezes e digo que não quero ir outras 987890 vezes! Porquê? Porque penso nos prós, em como será e em ter a oportunidade de ter alcançado o que tanto esperava à imenso tempo. E também penso nos contras, porque isto que eu tanto esperava incluía mais o porto do que outra coisa.
Eu vou explicar-vos o porquê deste último ponto me estar a afectar tanto: Eu sou uma rapariga extremamente caseira, eu sou uma rapariga extremamente pegada aos meus pais, eu sou uma rapariga extremamente (como todos sabem) apegada ao meu coro e às minhas companheiras de devaneios de lá, eu sou uma rapariga que está na última fase do processo carta de condução, eu sou uma rapariga que tem a pastoral, eu sou uma rapariga que dá catequese.
Agora, o coro, se eu vier aos fins-de-semana (sim eu vou ter que lá ficar durante a semana obviamente) vai continuar tudo na mesma porque os ensaios são ao sábado e a eucarístia em que nós cantamos também é ao sábado. A carta, eles dão aulas ao sábado de manhã e de tarde, obvio que eu só ia de manhã. A pastoral, as reuniões são à sexta à noite, tudo iria depender do meu horário. A catequese, se for ao sábado como tem sido até aqui também posso. O problema é que se eu for a isto tudo eu só vou ter o domingo para os meus pais. Vou ter de ver qual será o horário da catequese que tenho de dar e dependendo disso, continuo a dar ou não.
Claro que também há os seus prós, eu vou para lá com uma amiga que conheço há 4 anos com a qual sempre convivi (embora ela seja um pouquinho chata e tenha os seus inconvenientes mas pronto), as condições da escola (sim é escola não faculdade) são muito boas pelo que ouço e vejo no site, a minha prima estuda a poucos kilometros de mim, em Bragança, sempre que eu precisar ela pode perfeitamente ir ao pé de mim e vai connosco no autocarro até lá porque ela sempre parou lá. Como já disseram: irei conhecer novas pessoas, novos ambientes, novos costumes; irei crescer muito com isto tudo.
Outra coisa, eu quase certamente que terei direito à bolsa e a Carol não terá certamente também, então, eu vou ter de fazer um choradinho quando estiver a tratar de tudo para ela ficar comigo numa residência uma vez que estas são prioritárias a bolseiros, eu não vou conseguir ficar sozinha num quarto, a sério ia ser choro a noite toda se não tiver ninguém, então é que dou em doida.
Isto já vai extenso, portanto, o quê que eu faço da minha vida?

07 setembro 2014

Eu disse que não ia desistir!


Aprovada na Escola de Ciências da Vida e do Ambiente da UTAD! 
Ontem estava super mal, chorei toda a noite, mas hoje estou melhor, soube que uma amiga minha, a Carol tinha entrado na mesma faculdade que eu e tudo, tenho companhia e fico muito melhor.
Estive a falar com pessoas de um grupo do facebook a que pertenço e como estava mal elas sugeriram que me candidata-se à segunda fase, só perdia duas semanas de matéria em concreto porque o resto do tempo é praxes e assim. Então amanhã candidato-me à segunda fase mas apenas aquilo que quero mesmo, caso não entre, fico em vila real mesmo.
Não sei é se estou preparada para tudo isto, ainda por cima longe de casa. Não sei mesmo...

Agora, para quem não entrou, para quem como eu ficou ou ainda está mal por ter entrado onde menos esperava cliquem em ler mais para um incentivo*

05 setembro 2014

Tudo*


P.s. Estou a panicar porque anteciparam as coisas e os resultados vão ser divulgados amanhã à meia noite!!


04 setembro 2014

Esta é por nos subestimarem!

A tuna aqui de Hogwarts é super conceituada nas redondezas, chamadas para cantarem em casamentos no conselho e até no distrito e à custa desta "fama" que foram ganhando têm pensado muito que são as últimas bolachas do pacote... Nos últimos anos mudaram os preços a que fazem os casamentos e cobram 250 euros ou mais quando cantam aqui na terra e quando cantam fora ainda cobram os transportes.
No dia 13 de Maio ia haver eucaristia especial como é óbvio e como sempre o padre pediu à tuna para cantar, ora, o quê que eles disseram? Que não estavam disponíveis porque iam fazer o passeio anual a Santiago de Compostela. (se algum dia o meu coro fazia isto...) O padre já há uns tempos que andava "desiludido" com eles e aqui ainda ficou mais, digamos que perderam mais pontos com ele.
Eles sempre nos subestimaram, sempre se acharam os melhores porque eram eles que faziam tudo o que havia de especial. Mas como o karma é lixado, eles tiveram a paga... Este fim de semana (a começar hoje) são as festas da terrinha, obviamente haverá eucaristia especial todos os dias, obviamente que o meu coro foi chamado pelo padre a fazer 3 das missas (a de hoje, a de sábado e a de segunda) as outras, é a tuna que as faz. Devem de estar a pensar "Bem, como a tuna é tão conceituada serão eles a fazer as eucaristias mais importantes...", enganam-se! Pois, o dia da santa padroeira é segunda e qual é o grupo que irá fazer a eucaristia de segunda? Pois é, o meu coro! As missas mais importantes é o meu grupo que as faz. 
Nós vamos continuar como somos: Jovens e simples. Se eles querem continuar a armar-se em último oásis do deserto, problema deles, mais celebrações importantes perdem!
Agora vou vestir-me que a nossa primeira eucaristia é já daqui a 1h.
Amanhã de manhã vou à esteticista e de tarde vou trabalhar com o pai. À noite vou dar um saltinho à festa.
Este fim de semana vou andar ausente como podem ver, amanhã vou à festa passear e se me apetecer ajudar na barraquinha do coro, sábado vou estar todo o dia na dita barraquinha até fechar, domingo tenho a procissão e segunda volto à barraca mas só da parte da tarde e à noite vou dar uma última volta à festa provavelmente. Portanto, até segunda ou assim*

P.s. Acabei de ouvir os primeiros foguetes, que excitação! Já não me lembrava de ficar assim com a festa desde pequenina, o coro faz-me mesmo bem !

Mais de 100 coisas a fazer #19

Autorização dos pais tenho, falta o resto.

01 setembro 2014

Apetece-me matá-los e dar-lhes os parabéns ao mesmo tempo!

Fiquei assim no final do episódio!
Bem, é isto que me apetece fazer aos produtores de pretty little liars!
Que summer finale, ou fatal finale como lhe chamam e muito bem, foi este?!
Foi tanta coisa ao mesmo tempo!
Apetece-me deitar tudo cá para fora mas não vou ser spoiler. Por isso, quem quiser partilhar a frustração que me mande comentário que eu não aceito para não perturbar os outros, e temos uma conversa sobre isto. Há umas quantas imagens feitas pelo fandom que eu preciso mesmo de partilhar com alguém que são tão eu!
Até já há uma procura no we heart it para fatal finale com milhares de imagens sobre este episódio, se não viram não procurem por favor!
Parabéns Marlene, parabéns. Foi em grande mesmo.
"Game over Ali, I win"
She wan I don't care!

E o cabeçalho escolhido foi o da catarina sofia', super simples e fofo, adorei mesmo querida.
Passem pelo blog dela, irão adorar*

Mais de 100 coisas a fazer #17

Vocês não têm a noção da crush que eu tenho por este rapaz!
Não querendo soar estúpida mas vocês percebem: De preferência que não morresse novo.

P.s. Voltei do Algarve, as coisas não correram lá muito bem. Mas eu depois falo melhor sobre isto.
A esta hora estou a ir para casa da Rachel, temos passado bons momentos as duas .
E acabei de ouvir nas notícias que Setembro vai ser o melhor mês do Verão. Ah! Eu disse!