E mesmo sem ver, acreditar!


2015 foi um dos melhores anos, disso não tenho dúvidas.
Começou com Janeiro e a minha ida à defesa nacional, fiquei fã daquilo, ao contrário de muita gente eu adorei aquele dia! Uns dias depois foi a ida a Gonça como é normal com o coro, é sempre um bom dia com os meus louquinhos!
Depois em Fevereiro foi O mês, o mês das imensas idas ao cinema com o pessoal lindo, o mês em que tirei a carta de condução e o mês em que fui aos convívios fraternos! E esta foi sem dúvida das coisas que mais me marcou no ano todo. Melhor experiência de sempre e que leve para a vida.
Março foi um mês muito chochinho... muito calmo! Mas isso é bom, não houve nada de mal portanto..
Em Abril foi o mês de muitas atividades do coro, uma delas foi a vigília de adoração, que me bateu forte cá dentro! Lá para o meio do mês foi a actividade do coro que foi organizado por mim, soltei-me e fiz uma personagem que toda a gente se riu, e sinto que foi a partir daí que comecei a ser vista de outra maneira por toda a gente.. Mais aceite! A única coisa mais mazita neste mês foi o jantar de gala, sim leram bem! Foi dos dias em que me senti mais deslocada e com mais vontade de ir para casa, e não, o mal não foi de ser de praxe nem dos doutores, foi mesmo da situação em si!
Maio, Maio foi outro mês que me marcou para a vida! Foi a queima da minha prima, foi o meu traçar de capa foi o cortejo! Foi a queima com os B4, o James Arthur... Foi tudo e foi lindo! Maio foi também o mês do primeiro aniversário deste blog!! 
Em Junho foi o aniversário do meu lindo coro! E a missa marca sempre! Junho tive que ir a exame a uma única cadeira, e porra o que eu batalhei com aquela cadeira! E passei no exame com 14, coisas que valem a pena. O meu primo da suiça apareceu cá em casa de surpresa. E foram as noites boas no café da tia em família!
Em Julho foi o mês de começar os ensaios e preparação para o concerto do coro! Foi o mês em que eu deprimi a ouvir "Já decidi" e chorei porque... cortejo. Foi o mês do aniversário da Japa, gente louquinha que nem a minha família, que bom! Ainda no início de Julho, fui a Vila Real pela primeira vez e fiquei fã daquilo, a ponto de lá voltar como prometido, meses depois para a serenata. Foi também o mês em que estive imenso com a Caroline e a prima Maggie, em casa delas, em minha casa, gargalhadas imensas! Foi o mês em que fui a Fátima trajada pela primeira vez, benzi a capa e queimei as velas com agradecimentos e pedidos, momentos em família lindos! Julho foi o mês do 2º Pós convívio seguido do festival juvenil da terrinha, foi um dia super-hiper-mega cansativo mas que cheguei ao final, deitei a cabeça na almofada e sorri, sorri muito! Julho fez 4 anos que a minha avó partiu e a Roxy deixou a blogo...
Agosto começou com um dia fora, mas fora cá dentro, fomos até ponte de lima! Agosto foi o mês em que pedi à Rachel para ser minha madrinha e ela aceitou. Agosto foi o mês de ir 2 semanas para o Algarve, mas com esta família, são duas semanas que eu passava melhor cá do que lá. Agosto foi o mês em que as gémeas me ligaram durante o concerto do Piçarra só para eu ouvir as minhas músicas favoritas. E o mês de mais uma noitada em casa da Carol com a Cath! Ah! O Algarve teve uma coisa boa: Vi os Azeitonas outra vez! *.*
Setembro foi a festa da terrinha, foi o concerto do coro! Foi um mês em que uma pessoa não para mas que chega ao fim tão grata... Foi o mês em que me comecei a sentir mais próxima do meu primo!
Outubro, foi um mês um bocado complicado mas apenas comigo mesma, inseguranças e filmes até dar com um pau sabem? Mas lá para o meu fui dois dias a Vila Real e, bolas, era tudo o que estava a precisar! Das melhores coisas mesmo!
Em Novembro andou tudo muito parado, principalmente cá no blog. Ora, recebi o Fiat 500, marcou sem dúvida o mês! E recebi um 18!!
Dezembro, foi o último e com certeza um dos bons meses! Tive o aniversário da Rachel, foi ao Starbucks pela primeira vez, houve muitos momentos fofos. Muito momentos de amizade e de família também! Foi o mês do Natal e agora... O fim do ano!
Foi um ano em que ganhei uma grande paixão por Teen Wolf e consequentemente, viciei ainda mais no Dylan O'Brien! Foi o ano em que o Zayn deixou os 1D, mas que eles mesmo assim fizeram um album do caraças! Foi o ano em que o meu querido Shawn deu aquele avanço que tanto precisava, quem não ouviu a Stitches? Para mim ele será sempre a Life of the Party , my boy !
E hoje posso dizer que pelo menos tentei viver este ano ao máximo, houve coisas más, houve, mas essas tem de ser assimiladas e não deixar que as suas energias negativas afectem este ano que se aproxima!
No último minuto deste ano eu vou olhar para trás e pensar em todas as coisas boas e recolher toda a energia positiva que elas me transmitem, vou deixar que me encham o coração como o fizeram naqueles dias que me marcaram e transportar essa boa energia para o primeiro minuto, melhor... Para os restantes minutos de 2016! Porque bolas, foi um ano do caraças! E como disse Chagas Freitas "o que é bom nunca acaba!", leiam e releiam isto até vos entrar na cabeça, por favor!
Já estou a chorar, lágrimas de alegria, e só consigo pensar na música da Mariza porque a minha mãe estava a ouvi-la esta tarde. E neste novo ano que se aproxima eu espero dar o Melhor de mim. Naquele último minuto, "mesmo sem ver" eu vou "acreditar" porque a "noite sempre se tornará dia"!
Foi um valente de um ano!
Obrigada a vocês por estarem desse lado, sempre! Por me apoiarem quando mais precisei e por festejarem comigo nos melhores momentos!
Obrigada a ti 2015, por teres sido um valente de um ano! ✴ ✴ 
E em 2016...

*


Não se esqueçam disto quando derem as 12 badaladas!

Family, always!


O Natal foi bom, foi muito bom. Reunimos a família, desta vez só a mais chegada mesmo, tios desnecessários não foram. Se não estão lá o resto do ano, de que vale estarem no Natal? (no hard fillings though)
Foi diferente, eu senti-me diferente não sei porquê. Não me chateei, houve uns stresses - entre tia e avô - mas eu ignorei e mantive-me bem disposta porque com estes dois não vale a pena e no dia seguinte já não se passa nada.
No dia 24 estivemos no café da tia (em segundo grau) até às 23h30, a essa hora eu e os meus pais fomos para casa da minha tia (primeiro grau, irmã da mãe) para abrir os presentes à meia noite como sempre fizemos. Recebi chocolates, dinheiro, uma bola daquelas que neva lá dentro com a torre eiffel e a base roxa e um lenço, nada de roupa porque eu disse especificamente que não queria roupa. E, a melhor prenda de todas... A minha tia deu um labrador a mim e à minha primita (claro que a criatura sendo como é já disse que o cão é mais dela do que meu porque foi a mãe dela que o comprou...) e não, não foi nada caro! Basicamente dado por uma senhora cujo filho é da turma da minha prima, faz criação. Depois de abertas as prendas chegaram as minhas primas e a tia (em segundo grau) do café, convivemos, estivemos na conversa e entretanto viemos embora. Cá em casa, recebi a instax mini 8! Iei! Pijamas que andava a precisar, assim como uma mala para a uni! Eu andava a pedir uma mala pequena para andar com a pasta, ou seja, só precisava de uma onde coubesse a carteira, o guarda-chuva e essas coisas assim, então a minha mãe deu-ma. O meu pai, deu-me um colar em prata muito fidalguinho com uma mini mão de fátima e o olho contra a inveja, adorei. Vai andar sempre comigo a partir de agora, adoro estas coisinhas pequeninas mas com grande significado.
Prendas ditas, vocês querem sempre saber estas coisas não é? :p

Ah! No dia 24 acordei às 10h, fui com o meu pai à matrizauto porque a matrícula do meu carro estava errada, só a mim ahah
Depois de tratar disso eu e o meu pai fomos à fnac comprar a prenda para a minha mãe - note-se que a minha mãe ficou em casa a pensar que estávamos na matrizauto - compramos o cd da mariza que ela adora esta mulher e o livro do Alta Definição, mais um que ela adora, chora a ver este programa! Quando lhe demos ela só dizia "Ai, adoro!!" e quase chorava!
Almocei com o meu pai e depois estive com a Rachel e ela deu-me uma caneca com mochinhos desenhados em roxo e chocolates milka! Para vocês verem o quão bem ela me conhece!

O melhor para mim veio no dia 25, é neste dia que nós consoamos, à noite! Antes de ir para o café da tia para preparar tudo fomos a casa da minha avó paterna, ela deu-me os bonbons que eu tanto gosto e eu dei-lhe uma mantinha e muitos beijinhos. Estivemos lá um pouquinho e depois viemos então cortar batatas e afins. A minha afilhada levou o Smothy - o labrador que a minha tia nos deu - para lá e foi a perdição das outras primas como devem imaginar. Entre conversas com as mais velhas e brincadeiras com as mais novas depressa chegou a hora de jantar, e como estava booom! Depois do jantar jogamos ao "Quem sou eu?", procurem a app e instalem é muito fixe, consiste basicamente em escolher uma categoria colocar o telemóvel ou o telefone sobre a cabeça e tentar adivinhar com base no que os outros fazem, nós foi dando pistas por exemplo se a categoria era objecto e a palavra era mesa nós dizíamos "onde comes" ou "onde está a comida" e coisas do género, mas pode ser feito por mímica também. Jogamos ao jogo da forca também. O meu pai entretanto foi até ao hospital porque da parte da tarde a nossa tia (do pai em primeiro grau e minha em segundo) - que tem princípios de alzheimer - não se estava a sentir muito bem - esqueceu-se de tomar a medicação das tenssões - então tiveram de chamar uma ambulância, mas ela está bem, foi só por precaução. Foi outra das coisas que tornou este natal bittersweat.  Entretanto nós só arrumamos e também viemos embora.

Ontem a minha mãe esteve doente e a vomitar o dia todo... É. Não saí de casa. Hoje está melhor.
Hoje é dia de o smothy vir cá para casa, só vem para aqui um dia entre outro porque eu vivo num apartamento e quando ele for grande fica complicado, então fica sempre em casa da minha tia. É isto.

Que venham


Que venham os cheiros a bilharacos, à carne assada no forno e à caldeirada. Que venham a aletria, as rabanadas, o bolo rei, o pão de ló de ovar, o molotofe, os bonbons e tudo mais. Que venham as correrias para os últimos detalhes das prendas. Que venham as primas mais novas a correr pela casa e a perguntar se falta muito para a meia-noite. Que venham a mãe e as tias stressadas com tudo. Que venham os filmes de animação ou de não animação. Que venham os sorrissos. Que venham as gargalhadas. Que venham as mensagens dos amigos. Que venham as músicas. Que venha o friozinho aconchegante. Que venha o quentinho da lareira ou até do fogão. Que venha o Pai Natal. Que venham os 3 reis magos. Que venham as luzinhas. Que venham as loucuras. Que venha a família com tudo de bom. Que venham as vozes altas. Que venha com tudo. Que venha o Natal!

Vamos lá com calma...


O tempo neste último mês está a andar demasiado depressa!
Sexta à noite foi o jantar de aniversário da Rachel e de repente já estava a acordar no sábado de manhã para ir preparar as coisas para o evento da pastoral que íamos fazer à noite, jornadas da juventude, angariação de dinheiro e tals.... Durante a tarde houve confusão envolvendo a Isabel, o coro, o maestro do coro e afins, grande filme, longa história. Não vale a pena contar-vos.
No próprio evento, à noite, houve os seus momentos fofos, sim acima de tudo houve momentos fofos, que eu adorei, cheguei ao fim do dia estafada e a desejar muito a minha cama, mas apesar de tudo houve os seus momentos fofos e eu fiquei muito satisfeita com o dia.
É isto, estou de férias! Vou visitar os vossos cantinhos, vou ao tumblr, vou fazer o que se faz num domingo em que já não tenho aulas no dia seguinte!
Respirem... Faltam, teoricamente, 4 dias para ser Natal!

Tu consegues!

Mas já?

Dois dias Nea, dois dias!
Depois podes descansar nem que seja um dia desta loucura de semana. Se tudo correr bem não terei que me preocupar com nada para além dos dois testes no início do mês de janeiro e nada de exames!
Dois dias Nea! Fora as outras duas semanas depois do Natal Dois, dias.

Bom fim de semana!!


Ontem foi uma sexta com sabor a sábado, tivemos reunião do grupo de catequese - a partir de agora será pastoral! - , jantei com a Thea - nunca falei dela aqui no blog, como assim? - ela faz parte da pastoral, é mais nova do que eu um ano é caloirinha este ano na universidade, assim como a Rachel foi das primeiras pessoas com quem eu falei tanto na pastoral como no coro, ela é uma querida, super responsável, adoro-a! Jantei com ela então e depois fomos para o ensaio do coro porque vamos gravar um cd!!!A meio do ensaio apareceu lá o Toby, não cheguei a perceber porquê porque limitou-se a sentar num banco a estudar/ouvir o ensaio, acho que estava à espera do Timothy que estava numa reunião dos acólitos assim como a Isabel, que é a responsável deste mês nos acólitos e marcou a reunião para aquele dia sabendo que havia ensaio.... Aquela rapariga sabe que tem os ensaios, toca guitarra e sabe que é necessária, mas não vai a praticamente nenhum, depois que se queixe. Saíram da reunião, sentaram-se à beira do Toby e depois saíram todos. A Isabel, nem uma nem duas, nem "boa noite" nem "desculpem não posso estar presente porque..." enfim.
Hoje vou estudar e ver Arrow até às 15h, depois tenho missa, pausa para galhofa e depois missa outra vez porque hoje é daqueles dias em que o coro faz múltiplas missas. E.... Logo à noite.... Tem tunas! Vou com a Sophie e a Phoebe, a Thea não pode e a Rachel também não, sadly. Mas a gente vai e a Nea nem cabe em si de felicidade porque vai ver tunas actuar!

Bom fim de semana**

Quando as pessoas pensam precisamente o mesmo que tu.

"Eh pah, mas isto é pastoral juvenil ou ... quê? Se as senhoras não podem estar nas reuniões não há reunião é isso? É melhor ser assim do que serem os jovens, nós, a não puderem?! É que a ser às 9h30 uma pessoa até desmotiva! Eu sei que a culpa não é tua, mas isto irrita-me! Já não posso ir para a noite hoje!"
Não fui eu que disse isto a alguém, foi alguém que me disse a mim, assim... Tal e qual como eu digo sempre!