Doeu e não foi pouco...


Sabem aquela altura em que se diz "Se me tivesses dado uma chapada teria doído menos?", há cerca de uma semana atrás passei por uma situação destas...
No sábado passado, Halloween, fomos a uma espécie de "casa assombrada" um grupo de animação encarnou umas personagens e nós fomos ver, aquilo não foi nada de mais e não assustava quase nada. Mas o foco não é este... Quando acabou aquilo nós começamos a caminhar para o parque onde estava o carro da Sophie e da Phoebe, oh! Quem foi? Fui eu, a Sophie e a Phoebe então, o Toby, o Clau um amigo do Toby (que anda na minha universidade mas que eu nunca vi lá ahah), o Timothy que anda no grupo de catequese agora connosco, a Lily (amiga deles que eu não conhecia) e a Alexandria, prima da Sophie e da Phoebe e namorada do Timothy. 
Continuando...Estavamos a vir embora quando paramos numa daquelas "estações" para tirar fotos, e num momento em que a Lily e a Alexandria continuam a tirar fotos o Toby pega num braço da Sophie e vira-a, começa a falar para ela em segredo mesmo como quem não quer que os outros percebam, ali, ao meu lado. Segredos em reunião é falta de educação certo? Pelo menos foi isso que me ensinaram! Estavam eles a falar, estava o Clau a falar para a Phoebe, a Alexandria e a Lily a tirar fotos, o Timothy a falar com uns rapazes que lá passaram entretanto e eu ali, a olhar para o céu feita parva.
Nunca me tinha sentido tão outsider na minha vida como naquele momento, foi o cúmulo e magoaram-me...


Não me digam para falar com eles sobre isto, pelo amor de deus !

12 comentários:

  1. Tenho a certeza que eles não fizeram de propósito, mas talvez se falasses com eles (já disse, desculpa!) pudesses perceber porque é que isso se passou...

    R: Vão melhorar, sim!

    ResponderEliminar
  2. Nada de mais, apenas tbm sei a sensação se estar ali "a mais" a olhar para os outros todos confidentes como se não existisse. :s

    ResponderEliminar
  3. wtf e chamas a essas pessoas teus amigos?!

    adorei o teu blog e a fomra como escreves! estou a seguir-te, segue-me também! beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Realmente essa fotografia podia ter sido publicada por mim, aliás! Ter sido criada por mim! Se há coisa que aprendi foi a não esperar nada de ninguém!
    O que te fizeram foi muito feio, também já me aconteceu isso várias vezes.

    ResponderEliminar
  5. Eu nem vou dizer para falares com eles, mas que ficou feio ficou.. Eu sentia-me completamente de parte como tu te sentiste!

    ResponderEliminar
  6. Não devias ter que falar com eles, porque as pessoas deviam ter noção das coisas. Se estamos em grande grupo não é suposto fechar o circulo com um ou dois e deixar o resto de fora. Contudo, devias mesmo chamá-los à atenção, porque, caso contrário, isso vai continuar a remexer dentro de ti!

    r: Estão mesmo :)

    A sério? Aconselho mesmo a ler aquele livro, para mim é dos melhores.
    A versão do livro com os comentários do JLP saiu com o expresso, não sei se ainda está disponível, mas é uma questão de ires a um quiosque ou assim ver se ainda conseguem arranjar.
    Isso é otimo, estás quase a completá-lo então :D

    Conheço o grupo Alex & Sierra, mas não os acompanho, por isso não conhecia a "Falling Slowly", tenho que ir ouvir.
    O Diogo é incrível, é impossível não nos rendermos ao que faz *.*

    Sim, já a ouvi, é mesmo linda!

    Está resolvida e arrumada, sem magoar mais.

    É bom ler isso :)

    ResponderEliminar
  7. Tenho a certeza que foi tipo a única vez que vai acontecer, ás vezes as pessoas não reparam no que está a acontecer e se calhar não repararam que tinhas ficado alone, dont worry, de certeza que não acontece mais :)

    ResponderEliminar
  8. É uma situação difícil para não falar, mas se não o queres fazer, o melhor é mesmo ignorares, e quando eles quiserem combinar alguma coisa diz que não.

    ResponderEliminar
  9. Pronto não te digo para falares com eles sobre isso mas tenta remediar as coisas de uma próxima vez, conversa com algum amigo ou inclui te nas fotos eheheh

    ResponderEliminar
  10. de certeza que não fizeram por mal, nea! não ligues! eu sei o que é sentirmo-nos ignorados mas não fiques a matutar nisso, a sério :)

    r: eu acho que não é "ser de lisboa". eu sempre morei em lisboa mas, por ser do bairro, tenho a certeza que já passei por muitas coisas que a maioria das pessoas que estão agora na minha turma não passaram, e tenho valores que, talvez por nunca terem pensado nisso por nunca terem sequer pensado passar por isso, não têm. há uma minoria de pessoas da minha faculdade que pensam da mesma forma que eu nestes aspetos e que cresceram em meios idênticos ao meu. tem a ver com vivências, eu penso. eu não conheço muito bem o porto mas penso que também haja "zonas ricas" e "zonas pobres" como aqui e também deve haver estas diferenças de mentalidades. :)
    owww, também gosto mesmo MESMO muito de ti ❤

    ResponderEliminar
  11. Querida, pensa que não fizeram por mal. Assim é mais fácil de ultrapassar.

    r: Muito obrigada :)

    ResponderEliminar

Não me diga que o céu é o limite, quando há pegadas na Lua.

Devaneia para a frente*
Os comentários serão respondidos no teu blog, se demorar muito... a culpa é da falta de tempo e/ou da preguiça!