Eu tinha de me manifestar sobre isto.


Já se passaram uns diazinhos, e a poeira já está mais ou menos "assentada", então... Posso finalmente dar a minha opinião sobre o caso do miúdo que foi agredido por colegas e a famosa Constança.
Então antes de mais nada quero dizer que revoltada eu fiquei e fico sempre. Mas chocada... Não! Isto é mais um de muitos casos que acontecem em montes de sítios e ninguém faz nada, não têm a "sorte" de se tornarem virais e irem parar aos jornais nacionais e afins. Muitos não são conhecidos nem pelas pessoas da aldeia da vítima porque as pessoas se calam e estão mais preocupadas com o que está nos meios de comunicação social.
Sei que pareço uma insensível mas é que cada vez mais fico exposta a este tipo de coisas, mesmo estando apenas no primeiro ano de curso.
E vejo imensa gente revoltada com isto quando já é o pão nosso de cada dia... Muitas vezes até perto de quem comentou, e aposto que as pessoas que comentaram isso quando viram alguém estar perto de ser agredido ou até ser agredido não fizeram nada, por não se quererem meter ou porque acharam que era uma simples brincadeira....
Criticam os miúdos, que eu não digo que não têm razões para o fazerem, mas não fazem nada quando o mesmo acontece perto deles. Não fazem queixa, não se manifestam sequer e querem milagres neste caso que só por causa do facebook e afins ficou famoso?
Aposto que há muito mais história por trás, e acreditem meus caros, não vão ser os jornais nacionais a revelar isso, estão longe de terem meios suficientes para tal!
Acho que é isto, tinha de me manifestar ... E mesmo assim tenho a certeza que daqui a nada me vou lembrar de mais alguma coisa que me esqueci de acrescentar.

10 comentários:

  1. O problema é que muitas pessoas só têm a "coragem" de agir sentadas atrás do seu computador através de comentários e gostos

    ResponderEliminar
  2. É hipocrisia mesmo. Mais que uma vez fui atacada em plena rua à luz do dia. Numa em específico fui atacada por um grupo de rapazes desconhecidos que me cercaram e fizeram coisas que ainda hoje não esqueço. Ali, bem à minha volta, tinha no mínimo umas 8 pessoas. 8 pessoas ali a 5m de mim, a verem o que acontecia e nem uma Nea*, mas é que NEM UMA fez o que fosse! Houve quem parasse e ficasse a assistir, houve os que não pararam mas baixaram os olhos e meteram-se a andar ainda mais depressa, ouve de tudo menos uma única acção que me ajudasse. Eu gritava por ajuda e nada de nada, em plena luz do dia.... E isto dá-me nojo porque são pessoas que de certeza que depois vão para casa ou para o circulo de amigos fazerem-se de indignados e muito revoltados quando este tipo de temáticas vêm parar à conversa mas quando chega a altura em que se devem mesmo revoltar e agir é o que se vê... Mete nojo. Esta sociedade mete nojo mesmo

    ResponderEliminar
  3. r: a nova fase é o estágio linda, esta a mudar a minha vida por completo ! tambem vais estagiar? quando e em que area? :D

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente, muitos devem ser os casos semelhantes àquele que não são denunciados

    ResponderEliminar
  5. Bem-vinda ao mundo das conveniências! O jornalismo português vive disso - das notícias convenientes!

    r: Nem sempre é caixa!

    ResponderEliminar
  6. R: O facto de eu ter posto o "perder a razão" entre aspas foi, exactamente, por achar que, na verdade, não perdia razão nenhuma. Em relação à hipocrisia de algumas pessoas, infelizmente, acontece. E acho que o que também me ajudou a ficar irritada com esta situação foi o facto de me estar a aperceber que acontecem em muitos sítios e mais frequentemente do que pensava.
    Ainda há umas semanas a minha professora de filosofia contou-nos que um rapaz lá da escola que tem de usar uma bengala para andar caiu, e as pessoas puseram-se à volta dele "a ver o espectáculo" em vez de ajudar, acabando depois por ir lá dois alunos dela (que lhe contaram). E revolta-me IMENSO que as pessoas tenham este tipo de atitude porque não compreendo mesmo como é que são capazes de não fazer nada, percebes?

    R2: Por acaso não vejo os vídeos dela

    ResponderEliminar
  7. falaste bem, nea, falaste muito bem!!

    r: o autocarro é rápido (embora seja mais rápido vir a pé)! é da carris, é 1,80€ por bilhete! 1,80€x6=10,80€ :/
    ooooh, mas tu vinhas comigo para a girl band :D

    ResponderEliminar
  8. Concordo contigo a 100% finalmente nao sou a única que tem opinião diferente !
    xoxo
    BLOG // FB PAGE // BLOG'S GIVEAWAY

    ResponderEliminar
  9. Concordo! E disse basicamente o mesmo à minha mãe, quando falavam disto na tv... disse-lhe que a diferença era a estupidez de quem se lembrou de filmar aquilo. Porque sim, isso foi o ato mais estúpido de sempre! Se não fosse por isso, ninguém sabia e era apenas mais um caso, como muitos que aí andam, todos os dias...

    ResponderEliminar
  10. infelizmente é mesmo isso que acontece, isto está cada vez pior

    ResponderEliminar

Não me diga que o céu é o limite, quando há pegadas na Lua.

Devaneia para a frente*
Os comentários serão respondidos no teu blog, se demorar muito... a culpa é da falta de tempo e/ou da preguiça!