Nostalgia


Quando dei por mim já escorriam lagos de lágrimas pelos meus olhos...
Dizem que os melhores textos vêm do sofrimento.
Hoje escrevi 3 dedicatórias para o "livro de final de curso" de 3 raparigas do meu antigo colégio, todas adoraram o que escrevera.
O segredo, recordar tudo e mais alguma coisa. Chorei quando escrevi cada uma das cartas, chorei quando no final as li. Claro, chorei quando recebi as respostas porque elas fizeram questão de também me dizerem coisas lindas. Chorei só mesmo pela nostalgia, não pela saudade que tenho ou que tema ter, é que nós já não estamos juntas há 2 anos, mas isso é só em termos de escolas, porque eu passo muito tempo com elas. Aquele choro todo foi mesmo pela nostalgia dos momentos associados à escola, momentos que nunca serão iguais, que não se repetem...
Hoje de manhã o parceiro (irei sempre chama-lo parceiro) também fez questão de ficar nostálgico e dizer que faltava um dia, e depois, era adeus secundário e ela estava tão murchinho. Recordo-me de lhe ter dito para não estar assim, senão eu chorava e era suposto só chorar amanhã. Ele disse que também estava a pensar na universidade. "Quero mesmo entrar em desporto" disse ele. Eu afirmei com toda a certeza que ele iria entrar, ele é a pessoa com mais dedicação a este curso que eu conheço, nem o meu ex era assim, ele quer mesmo isto. Já passou por tanto, já viu este sonho desvanecer muitas vezes, mas lutou sempre e agora tem tantas possibilidades como todos os outros candidatos, eu admiro-o muito sabiam? Ele não sabe... Mas eu ainda lhe vou dizer! Ele é das melhores pessoas que eu já conheci, se não a melhor mesmo! Ele tem uma luz própria muito forte que irradia toda a gente. É muito difícil perceber quando ele está triste, só eu e a Jenna (tal como a personagem de pll, eu nunca sei se se deve confiar nela ou não) é que percebemos quando ele está assim, e hoje ele estava assim. Ele é um óptimo amigo, pena que esteja a considerar ir para Coimbra *unf*
O trengo começou com conversas nostálgicas no facebook, sobre já ter saudades da turma dele e sobre novos tempos se aproximarem. O rapaz é sempre super animado, está sempre a meter-se comigo, sempre a fazer-me rir e a mandar bocas. Mas hoje, está carente...
Hoje foi dia de nostalgia, de choro...
E se hoje chorei, nem imagino amanhã, que é o último dia.

Ultimamente também tenho recebido comentários anónimos, mas são bons.
Anónimos lindos quero saber quem são vocês!!
Sim, sou essa pessoa que todos vocês disseram, mas assim não vale.
Assim não é justo pois eu não sei quem vocês são!

9 comentários:

  1. Estou curiosa em saber quem és agora!!! :)

    ResponderEliminar
  2. Oh já sei quem és!!!! Nunca me esqueceria desse nome :)) se beeeeem vindaaaa :D eu não chorei no meu ano de finalistas da secundária sempre soube que manteria os mesmos amigos, que os iria ver sempre aos fins de semana e acho que estava mesmo pronta para ir para a faculdade :) mas do 9 para o 10 chorei, acho que sabia que ao mudar de curso perderia aqueles *amigos*, enfim vai correr tudo bem linda, boa sorte vai ser a melhor fase da tua vida :D

    ResponderEliminar
  3. Ainda me lembro do final do secundário... Também chorei tanto nas dedicatórias... Tudo pareci ser o final de algo...

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  4. Também sinto falta de muitas pessoas e tb já chorei por isso!
    -Alexandra

    ResponderEliminar
  5. Talvez seguia-te há muito pouco tempo, porque não me recordo... desculpa, linda! :x
    Mas de uma coisa tenho a certeza: este blog está muito giro e espero que dure muitooooo :D

    ResponderEliminar
  6. É inevitável ficar assim, são muitos momentos que se recordam num curto espaço de tempo, sobretudo agora que está na reta final. Vem aí uma nova fase, que tenho a certeza que será igualmente gratificante :)

    ResponderEliminar
  7. acaba o secundário, não acaba o mundo, nea :)

    ResponderEliminar
  8. O bom e acabar o secundário é que depois vemos quem são os nossos verdadeiros amigos :)

    ResponderEliminar
  9. Sabemos quando estamos sós quando lemos estas coisas e o coração aperta. Aperta porque não sabe o que é sentir tudo issso.

    ResponderEliminar

Não me diga que o céu é o limite, quando há pegadas na Lua.

Devaneia para a frente*
Os comentários serão respondidos no teu blog, se demorar muito... a culpa é da falta de tempo e/ou da preguiça!