23 dezembro 2016

Hoje quero mesmo dizer isto


A um dia do natal, uma semana do novo ano, e eu dou por mim a pensar: 2016 foi um ano do caraças!
Digo isto de todas as maneiras que possam estar a pensar... Pelo lado mau, e pelo lado bom.
Se querem que vos diga, de uma maneira mais geral por agora, vou dizer então de uma maneira muito resumida. Perdi pessoas com quem achava ter uma grande amizade, surgiram outras que se revelaram muito boas para mim, mas também umas quantas se mantiveram ao longo deste ano, de todos os anos. Recebi notícias muito boas, fiquei felicíssima por certos momentos, uns que já imagina que fossem acontecer e outros que pareceram aparecer do ano! No entanto, recebi notícias não tão boas, chorei por diversas vezes que me pareceram perfurar como uma faca, coisas que já havia antecipado e outras que foram uma verdadeira bomba para o meu chão. Descobri que tinha uma depressão, contudo desde aí que tenho visto as coisas de um ponto que não pensava que iria conseguir, nos últimos meses tenho pensado em tudo de uma maneira diferente e apesar de as coisas nem sempre serem fáceis, não sei como mas parece que arranjo uma maneira de não me ir abaixo como ia, como sempre digo aos outros para fazer: tenho pensado positivo, ver as coisas boas e acho que por aí já torna tudo melhor. Fui à Suiça, fui à serra da Estrela, viagens que me fizeram sair um pouco da rotina e aliviar a cabeça, que me fizeram muito bem, estava no meu meio, onde me sentia bem.
Bem, vou parar por aqui, uma retroespetiva mais completa de todo o ano, essa irei fazer na próxima semana, como já é habitual!
Bom fim de semana natalício**
Amanhã devo passar cá para vos desejar um felicíssimo natal com tudo o que merecer 😙

1 comentário:

Não me diga que o céu é o limite, quando há pegadas na Lua.

Devaneia para a frente*
Os comentários serão respondidos no teu blog, se demorar muito... a culpa é da falta de tempo e/ou da preguiça!