Balançar como quem avança ♥ || Big Recordar é Viver #3


(Espero que tenham noção do testamento que aí vêm...)
É o último dia do ano não é? Passou.... Passou não muito rápido nem muito devagar e eu fico feliz por isso! E por isso mesmo eu vou fazer aqui um balanço, assim como quem avança. Recordar os bons e os maus momentos deste ano que foi 2014. Tenho muito por onde lhe pegar...
Vamos fazer isto por meses sim?
Janeiro. Em janeiro não entrei com o pé direito, digo isto no sentido literal, porque eu fiz questão de saltar da cadeira com os dois pés. E pelos visto até que valeu a pena. Uma semana depois de entrarmos no novo ano foi o meu aniversário.... Coisa simples, jantar fora com os pais, o avô e a tia, não fiz festa para os amigos até porque não queria nada fazer 18, mas 18 revelou ser uma boa idade. Em Janeiro começamos a planear o virar a página e ficou decidido que eu iria fazer um solo. Em Janeiro tive imensas actividades no coro, o passeio, a "dormida", coisas boas!
Fevereiro. Em Fevereiro começaram as sessões de grupo para controlo da ansiedade e doenças crónicas, gosh, aquilo fez-me mesmo bem!
Março. Março foi um mês em grande. Foi corrupio o mês todo, mas um corrupio bom! Em Março foi a vigília da zeladora da igreja que tinha cancro, tocou-me tanto. Em Março foi O concerto, o virar a página, aquele que nós tanto ansiávamos, que nós estávamos tão nervosos mas que acabou por correr às mil maravilhas e foi tãooo lindoo! Em Março as coisas com a minha prima resolveram-se, desejei-lhe os parabéns quebrando o silêncio que existia a algum tempo e fazendo com as coisas melhorassem.
Abril. Em Abril foi o jantar do pessoal do concerto virar a página. Em Abril foi só festas! Festa de aniversário deste, festa de aniversário daquela. Jantar disto, jantar daquilo... Em Abril tive alta da pedopsiquiatria!! No more depressed Nea. 
Maio. Maio foi um mês de mudanças, até aqui na blogosfera, larguei aquele blog em que tinha moonteees de seguidores e preferi mudar-me porque confiei em quem não devia digamos... Prometi a mim mesma que iria dar uma chapada de luva branca a muita gente, e hoje, olhando para trás, vejo que cumpri essa promessa. Em Maio deixei-me tomar pelo cansaço, não conseguia gerir tudo ao mesmo tempo, tive de fazer uma pausa nas aulas de código e começar a tomar vitaminas. Maio era um mês marcante já por natureza, fazia anos que o meu padrinho morreu e que a minha avó tinha sido internada para nunca mais sair de lá. Isto juntado a exames e fase de candidaturas... É foi um mês mesmo cansativo.
Junho. Junho foi o derradeiro mês. O mês dos exames, do fim do secundário, sim porque eu não fui à segunda fase a nada. No último dia de aulas eu chorei imenso quando cheguei a casa, não me perguntem porquê. Não é porque iria ter saudades daquela gente, porque a maioria do pessoal daquela turma provou e mais que provado que não merece a minha atenção. Mas havia pessoas lá que eu adorava, a S., a I., a V., oh... Chorei porque sabia que era o final de um ciclo e porque não sabia o que me esperava dali para a frente, não sabia mesmo. Em Junho foi o aniversário do coro, eh pah! Foi tão, mas tão lindo!! Em Junho foi o passeio anual do coro, em que eu fiz um PR7 e foi a melhor experiência da minha vida até então! Em Junho tive o meu baile de finalistas, o meu lindo e espectacular baile de finalistas.
Julho. Eu não sei porquê, mas eu acho que Julho foi O mês! Fui ao concerto dos meus meninos, vi finalmente os D.A.M.A ao vivo e se já era fã, naquele dia eu passei a amá-los ainda mais! Na altura podia parecer que não tinha gostado nada, mas agora que olho para trás o campos de trabalho foi mesmo muito bom. Eu sei que houveram muitas regras, e o sítio do outro ano era melhorzito, mas o pessoal deste ano... Ai o pessoal deste ano! Não tenho mais nada a dizer sobre este mês!
Agosto. Em Agosto houve a viagem medieval aqui da terrinha, que é sempre da melhor cena que é. Foi quando eu descobri que o Ian conhece o Toby, o mundo é mesmo pequenino. Mas acho que esta foi a única coisa boa deste mês. Em Agosto o meu pai ficou com uma pneumonia extensa e foi um susto para não recordar. Em Agosto preferi ir para o Algarve com a família em vez de ir a Taizé com o grupo de catequese, e arrependo-me profundamente ainda hoje.
Setembro. Em Setembro, houve festa de Hogwarts, contrariando todos que pensava que não iria haver este ano. O meu coro cantou em tantas eucaristias quanto a tuna principal. Em Setembro descobri que tinha entrado na UTAD, o último sítio em que me imaginava a entrar. Ponderei durante imenso tempo se ia ou não, chorei imenso quando estava na cama. E acabei por decidir mudar de opção, considerar coisas que nunca tinha colocado sobre a mesa antes, encontrei novamente a criminologia e arrisquei, entrei na Universidade Fernando Pessoa e acreditem, foi das melhores coisas que me podiam acontecer este ano, e nos outros todos que estão para trás, foi o realizar de um sonho. Em Setembro a minha tia não andava muito bem, e lixou a cabeça a toda a gente cá de casa.
Outubro. Em Outubro em fui batizada, passei oficialmente de bicho a caloira. Adorei, foi tão xiiroo. Em Outubro foi também a serenata ao caloira, coisa linda. Em Outrubro foi o Halloween que eu tanto gosto. E vendo deste prisma, outubro foi um mês chochito...
Novembro. Em Novembro começaram as frequências. Em Novembro houve as cheias aqui no prédio. Em Novembro matei as saudades da Carol e da Cath e vi finalmente o The Purge Anarchy. Em Novembro vi o The Hunger Games: Mockingjay part 1! E adorei tudo, desde o argumento até à banda sonora. Em Novembro provei que não era uma simples menina no meio da silva que é a universidade! Em Novembro perguntaram-me se eu queria entrar na cruz vermelha. Em Novembro comecei a rubrica Recordar é viver aqui no blog.
Dezembro. Em Dezembro eu andei eléctrica. Em Dezembro saiu o resultado da bolsa, com o qual fiquei super revoltada e decidi lutar. Em Dezembro tive os anos da Rachel que foi uma noite muito boa. Em Dezembro tive um Natal bom, contrário a tudo aquilo que eu pensei que ia ser. E em Dezembro, na segunda passada, recebi a minha prenda de Natal! Um smart, verde fluorescente e todo fofo! Mais um incentivo para tirar a carta.

E ao longo deste ano conheci e tornei amizades blogosféricas mais fortes com pessoas como a Roxy, a Abby, a Andreia Morais, a Amy, a Índia, a Catarina Sofia', a Effy, a P', a Isabella, a Marisa... E tantas outras que eu tenho a certeza que amanhã irei ler o comentário de algum de vocês e vou lembrar-me que também deveriam constar nesta lista, mas que devido a todas as pausas que este texto teve até ficar pronto, não constam dela.
Fiz também amizades para além da blogosfera, este ano eu e a Rachel tornámo-nos amigas, até então eramos apenas conhecidas do coro, assim como o Toby, a Sophie e a Phoebe. Eles são das melhores pessoas que conheço, fazem-me muito bem e espero guardá-los durante muitoo tempo.
Fiquei viciada em mais séries, actualizei em pouco tempo as que já seguia antes. Vi imensooos filmes! Ri às altas gargalhadas com Os Croods, Os monstros das caixas, Os pinguins de Madagáscar e com o Alexandre e o Terrível, Horrível, Nada Bom, Péssimo Dia. Chorei rios com A culpa é das estrelas, If I Stay. E adorei o Frozen, The Hunger Games: Mockingjay part 1 and soo on...

Foi um ano mesmo buum, eu sei.
Bom ano de 2015 para vocês minha gente! 




P.s. E que tal o novo visual?

15 comentários:

  1. Foi um para recordar em muitos aspetos e para esquecer noutros!
    Mas foi o ano em que nos conhecemos, e isso não vai nunca ser esquecido!
    2015 será ainda melhor porque tenho a certeza que te vou conhecer pessoalmente! ♥♥♥

    ResponderEliminar
  2. Espero que 2015 de surpreenda pela positiva :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Isso é que foi um ano em cheioo!
    Bom ano novo querida **

    ResponderEliminar
  4. um excelente ano, entra como quiseres, desde que sejas feliz :)
    http://orelogioealua.blogspot.pt/2014/07/taize.html como falaste em Taizé não podia não te mostrar isso que escrevi :)

    ResponderEliminar
  5. Gostaria de te desejar um feliz 2015, cheio de coisas boas e com tudo o que desejas :)
    Beijocas*

    ResponderEliminar
  6. Apesar de tudo parece ter sido um bom ano!!

    R: Fui agora ao facebook e tinha uma mensagem de um "amigo" a perguntar se eu estava em casa, portanto acho que era ele. Ele é daquelas pessoas a que "dás" a unha e quero tudo o resto. No outro dia encontrei-o no autocarro e ele saiu na mesma paragem que eu e deve ter visto onde é que eu vivia. Por isso, não querendo ser muito má, ainda bem que não fui ver quem era..

    ResponderEliminar
  7. r: secalhar foi melhor assim, e como se costuma dizer á males que vem por bem *.*
    bom ano querida :)

    ResponderEliminar
  8. r: estou viciada nesta música dela :)

    ResponderEliminar
  9. r: A sério? Saber que as pessoas se identificam com o que escrevo é mesmo fantástico. Muito obrigado!

    Aquele Porto é inconfundível :) agradeço o elogio

    Quando o recebi estava um pouco reticente, mas depois de o começar a ler rendi-me.

    Obrigada, minha linda, desejo-te o mesmo. Espero que tenhas entrado em 2015 da melhor forma e que este ano te surpreenda*

    ResponderEliminar
  10. Parece que foi mesmo um ano em grande. Espero que 2015 seja igual ou melhor!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  11. Que 2015 te traga muitas surpresas :D ri-me imenso com o balanço de Janeiro pois eu quando dá a meia-noite também salto sempre para entrar com os dois pés bem assentes na terra :D

    ResponderEliminar

Não me diga que o céu é o limite, quando há pegadas na Lua.

Devaneia para a frente*
Os comentários serão respondidos no teu blog, se demorar muito... a culpa é da falta de tempo e/ou da preguiça!