Energias e afins


 No último ano ou dois, tenho vindo a acreditar cada vez mais que eu sinto muito as energias das coisas e pessoas, e a prova disso é que quando eu sinto que algo não está bem, passe o tempo que passar, acabo por perceber que algo não estava bem mesmo.

 Mas quero falar de algo mais concreto por agora, vou então dizer algo sobre a inveja. A minha avó sempre me disse que a inveja das pessoas é capaz de "fazer" coisas que nem é bom, e cada vez mais entendo isso.
 Vocês sabem, quando sentem que se falarem de algo a alguém essa coisa vai correr mal? Então, se virmos bem, isso é já com um pouco de receio da inveja. Eu falo por mim, sempre que falava de algo pela qual estava muito ansiosa e coisas do género, algo acabava por correr mal, nem que fosse um bocadinho e porquê? Porque há sempre alguém que sente inveja, e isso consegue ter um poder negativo tão grande que essa má energia passa para vocês, por mais que se tente evitar.
 A consequência disto é que, sempre que eu sei que algo de bom me irá acontecer, ou está a acontecer aos poucos no momento, eu não conto a ninguém. Quando acontecer completamente e não há nada que possa alterar isso, aí sim, eu acabo por contar e mesmo assim: tendo atenção a quem conto.
 Houve tempos em que eu era um verdadeiro livro aberto. Hoje em dia ainda aparento ser assim, falo imenso de imensas coisas, mas se forem a ver bem, eu não conto certas coisas às pessoas por este motivo. Inveja.
 Que palavra feia, mas é uma realidade, que tem de ser falada, e que devemos ter muito cuidado.

 Quanto ao resto: Tentem ser luz na vida das pessoas, passem energia positiva apenas que a energia positiva voltará em dobro, por mais energia negativa que possa haver, a positiva irá vencer na vossa vida.

8 comentários:

  1. Acredito muito nas energias que as pessoas conseguem transmitir. Agora também me resguardo mais no que diz respeito a partilhar acontecimentos da minha vida. Infelizmente, há sempre quem esteja à espera que algo nos corra mal.

    ResponderEliminar
  2. Não sei explicar mas gostei muito desta publicação. Sim, a inveja é uma desnecessária realidade, mas ainda assim uma realidade. Mas a mensagem final desta publicação é muito inspiradora!

    ResponderEliminar
  3. Acredito muito nas energias assim como acredito no karma, cada vez mais!!

    ResponderEliminar
  4. A minha mãe sempre me disse o mesmo e assim como tu, cada vez, acho que tem mais razão no entanto ainda não me habituei a manter sempre a boca calada!

    Beijinhos, Hellen ❤
    http://instantesimprovaveis.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Eu e a minha mãe somos muito assim também: não contamos nada a ninguém até que esteja concretizado. Não só pelas "invejas" mas também porque achamos que são poucas as pessoas que merecem saber aquilo que vamos fazer. Ultimamente tenho feito tudo assim! E, felizmente, tem corrido tudo bem.

    ResponderEliminar
  6. r: Obrigada pelos comentários, minha querida :)

    São dois dos que mais quero fazer!

    ResponderEliminar
  7. Identifiquei-me imenso neste post! Cada vez acredito mais nas energias das pessoas e na capacidade que têm para nos afetar.

    ResponderEliminar
  8. eu vivo tanto a minha vida que tenho dificuldade em acreditar nestas coisas. quer dizer, claro que sei que a inveja existe (e muito!), mas tenho alguma dificuldade em acreditar que a inveja de alguém pode-se intrometer no nosso caminho :s

    ResponderEliminar

Não me diga que o céu é o limite, quando há pegadas na Lua.

Devaneia para a frente*
Os comentários serão respondidos no teu blog, se demorar muito... a culpa é da falta de tempo e/ou da preguiça!