Que venham


Que venham os cheiros a bilharacos, à carne assada no forno e à caldeirada. Que venham a aletria, as rabanadas, o bolo rei, o pão de ló de ovar, o molotofe, os bonbons e tudo mais. Que venham as correrias para os últimos detalhes das prendas. Que venham as primas mais novas a correr pela casa e a perguntar se falta muito para a meia-noite. Que venham a mãe e as tias stressadas com tudo. Que venham os filmes de animação ou de não animação. Que venham os sorrissos. Que venham as gargalhadas. Que venham as mensagens dos amigos. Que venham as músicas. Que venha o friozinho aconchegante. Que venha o quentinho da lareira ou até do fogão. Que venha o Pai Natal. Que venham os 3 reis magos. Que venham as luzinhas. Que venham as loucuras. Que venha a família com tudo de bom. Que venham as vozes altas. Que venha com tudo. Que venha o Natal!

6 comentários:

Não me diga que o céu é o limite, quando há pegadas na Lua.

Devaneia para a frente*
Os comentários serão respondidos no teu blog, se demorar muito... a culpa é da falta de tempo e/ou da preguiça!